22/02/2017 às 10h42min - Atualizada em 22/02/2017 às 10h42min

Governo cancela auxílio-doença de 43 mil pessoas em pente-fino do INSS

Extra

O governo federal já cancelou mais de 43 mil benefícios de auxílio-doença irregulares com o pente-fino nos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O procedimento acontece há sete meses, e a economia foi de R$ 715 milhões ao Fundo da Previdência.

No total, serão chamados 530.191 mil beneficiários com auxílio-doença e 1.175.916 aposentados por invalidez com mais de 60 anos que estão há mais de dois anos sem perícia. No Estado do Rio de Janeiro, serão convocados para uma perícia 41.100 profissionais que recebem auxílio-doença e 88.754 aposentados por inavalidez.

A convocação é realizada por meio de carta com aviso de recebimento. Após o comunicado, o segurado tem um prazo de cinco dias úteis para agendar a perícia, pelo telefone 135.

Do total dos benefícios revisados até o momento, 11.502 foram cancelados por não comparecimento dos segurados e 28.872 foram cancelados na realização da perícia. Além disso, 2.636 pessoas tiveram data remarcada para cessação, e 547 benefícios foram convertidos em auxílios-acidente. No total, 1.695 segudados foram encaminhados para reabilitação profissional, e 3.383 auxílios-doença foram transformados em aposentadoria por invalidez.

Segundo secretário executivo do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), Alberto Beltrame, o resultado da revisão mostra o comprometimento do governo federal em melhorar a gestão dos recursos públicos.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »